Google+ Followers

ABDOH AO VIVO - LIVE

Aqui, no espaço abaixo deste texto, são realizadas Palestras e Debates ao vivo com temas relacionados sobre Mídia OUT OF HOME. Acontece uma terça sim e outra não. Próximo WEBINAR CAMINHOS ON LINE – Próximo WEBINAR CAMINHOS ON LINE – A mídia OOH na visão de Flávio Rezende – VP de Negócios e Relações com o Mercado – DPZ&T - Não perca, 30 de Junho de 2015, às 15 horas.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

TRABALHO DE CÂMERA, CLOSE-UPs, etc.

Sequência de tomada e Closeup:


Closeups podem ser usados para a ação (inserções), reação ou cortes.

Tomadas tradicionais movem sequência de Tomada Longa (Long Shot) para Tomada Média (Medium Shot) para Closeup.

Uma cena pode retornar a uma larga tomada como reestabelecendo tomada. Uma cena pode também começar com um close-up para o impacto.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Trabalho de câmera

Quadro da composição

Framing Diretrizes

* Use a regra dos terços para localizar um ponto no quadro para o mais importante elemento visual.

* Criar drama visual entre os elementos no quadro a menos que você quer um estático, olhar simétrico.

* Antecipar o movimento do sujeito que vai mudar a composição.

* Mova a câmera e ajuste o zoom antes da câmara começa a rolar.

* Deixe a pessoa se movimentar dentro da tomada, a menos que tenha algum drama para entregar ao mover a câmera durante a tomada.

Frame da tomada do filme Raposa Cinzenta (The Gray Fox).

---------------------------------------------------------------------------------------

Composição Diretrizes Closeup:

* Não bloquear a câmera.

* Meter o nariz no meio do quadro.

* Foco sobre os olhos.

Frame da tomada do filme Jezebel.

----------------------------------------------------------------------------------------
Criando Profundidade na Tela

As linhas diagonais no quadro:

Dramático, em vez de simétrica, as relações na composição incentiva ou encoraja o olhar do observador para se movimentar ao redor da tela ou quadro.

Frame do filme Jezebel.

------------------------------------------------------------------------------------

A lente grande angular:

Não é benvinda para close-ups, mas a perspectiva exagerada cria profundidade. O movimento na terceira dimensão, direção ou para longe da câmera, é acentuado por uma lente mais ampla.

Frame do filme Quadrophenia.

--------------------------------------------------------------------------------
Ação em primeiro plano e fundo:

Movimento que atrai o olhar para diferentes distâncias da câmera e da utilização de iluminação de fundo ou piscinas de luz (luzes localizadas ao fundo - Backligtings), enfatizam a profundidade.

Frame do filme Tender Mercies.

--------------------------------------------------------------------------------.

Câmera Alta ou Baixa

Usando Tripé

Usando um tripé nem sempre ao nível médio do olho, encontre um ângulo de câmera que ajuda a acentuar o drama visualmente.



Frames dos filmes Stuntman e Drácula.

----------------------------------------------------------------------------

Handholding ou segurando na mão:

Uma câmera na mão permite que você encontre rapidamente o ângulo apropriado. Ele também permite a liberdade de circulação, se for necessário, incluindo o movimento vertical, que podem ter um impacto forte porque é menos comum e menos esperado.



Copyright © 1998 Derek Redmond, Queen's University Film Studies

Tradução e adaptação: JP.

CONTINUIDADE

CONTINUIDADE

Estabelecendo a continuidade enquanto estiver rodando o filme:


A continuidade convencional depende tanto da filmagem quanto da edição. Além de combinar a ação tomada à tomada, o diretor precisa considerar algumas "regras" de continuidade. Essas regras são feitas para serem quebradas quando você possa ser eficaz, mas quebrá-las acidentalmente levará a um caminho errado à continuidade trazendo problemas à frente..


 
Regra dos 30 graus:
 
 
 
 Ao invés de interpretar esta regra, literalmente, pense em uma mudança significativa no ângulo ou a distância para cada tomada. Isso nos mostra algo novo? Esta é a coisa mais importante que você pode fazer para criar uma cena que pode ser editado em continuidade.


Regra 180 Grau:


Escolha um eixo para trabalhar a cena e use-o para manter a orientação da tela para linha do olho (eyeline) e movimento. Evite cortar diretamente para o outro lado do eixo. Para mudar a direção da tela, tente uma tomada em movimento que cruza o eixo, ou o corte de um POV de um personagem do outro lado.

Na tomada de um personagem em movimento, uma tomada pela cabeça (Head-On) pode ser usado para mudar a direção de tela, mantendo a continuidade:

Tomada 1- Esquerda para direita na direção da tela.
Tomada 2 - Na cabeça (Head-On), depois à direita para a esquerda com o personagem saindo em frame. O eixo de mudanças dentro da tomada.
Tomada 3 - Direita à esquerda na direcção a tela.

Um Plano de cabeça
O mesmo princípio pode ser usado para permitir mudar a direção de tela quando o personagem vira uma esquina:

Ou, para manter a direção da tela constante em um canto, manter a câmera no mesmo lado do caminho do personagem em todos os tempos.


Copyright © Derek Redmond 1996, Estudos de Cinema da Universidade Queen's
Adaptaçãoe tradução:  JP

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Desenhando um Storyboard em uma página de Roteiro

Desenhando um Storyboard em uma página de Roteiro

Provavelmente esta é a melhor maneira para representar o seu roteiro com desenhos bem simples, a menos que você seja um artista talentoso. Lembre-se, seu script está lá para descrever a cena, os desenhos só precisam mostrar como cada cena é enquadrada.
Pela direita dos desenhos, no roteiro, voce vai descrevendo a cena, conforme o desenho, as falas dos atores, os efeitos sonoros que devem ser inseridos, a trilha musical e iluminação, entre outros.  Esta é a forma de voce fazer um roteiro geral onde tudo deve acontecer no filme.  Voce pode também fazer roteiros separados para cada tipo de produção descrita acima e entregá-las aos respectivos produtores, diretores e editores.