Google+ Followers

ABDOH AO VIVO - LIVE

Aqui, no espaço abaixo deste texto, são realizadas Palestras e Debates ao vivo com temas relacionados sobre Mídia OUT OF HOME. Acontece uma terça sim e outra não. Próximo WEBINAR CAMINHOS ON LINE – Próximo WEBINAR CAMINHOS ON LINE – A mídia OOH na visão de Flávio Rezende – VP de Negócios e Relações com o Mercado – DPZ&T - Não perca, 30 de Junho de 2015, às 15 horas.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tutorial de áudio para vídeo -- Direct Box

Este tutorial é para voce conhecer melhor como captar áudio para sua Câmera ao filmar um evento à partir de uma mesa de áudio qualquer.



ILUMINAÇÃO - Tutorial e dicas.

Este é um tutorial sobre iluminação com dicas e procedimentos, além de conhecimentos sobre os tipos de equipamentos.  Está dividido em 3 partes. Divirta-se.


PARTE 1


PARTE 2


PARTE 3

sábado, 19 de novembro de 2011

Twitter: Um microfone ao alcance das mãos

Trabalho de conclusão de curso de Jornalismo na UNIBRASIL - Curitiba, 2011, dos alunos:
SAL ITO, RICARDO ALEXANDRE e RODRIGO AREND.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

POR TRÁS DAS CENAS com a CÂMERA RED EPIC

Estamos concluindo o projeto de Shedd Aquarium filmado quase que inteiramente com a RED EPIC e estamos animados para compartilhar não só imagens, mas também alguns de nossos pensamentos sobre as ferramentas de processo, e os desafios que veio com ele. sempre desde que recebemos a câmera há pouco, recebemos também uma tonelada de perguntas e pedidos para ver alguns making offs, por trás das cenas, por isso aqui está.

ALGUNS bastidores sobre a Canon 1D MKIV, imagens RED EPICs mostradas neste clip foram principalmente FEITAS em 4k e revistas em REDCINE-x antes de ir para a estréia. Sinta-se À vontade para verificar mais informações em

Agradecimentos enorms e para Kessler, Cinevate e Zacuto pelo seu apoio contínuo.

Trilha "Trimountaine Boston '- licenciado por meio withetiquette.com

behind the scenes with the RED EPIC from stillmotion on Vimeo.

MONOPÉS - Usos e Comparações

Este video mostra como usar os monopés, ajustes e diferenças entre os tipos no mercado.

REVIEW: Top 5 Video Monopods Compared from Caleb Pike on Vimeo.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

EXCELENTES DOCUMENTÁRIOS

Simplesmente vale à pena assistir os documentários citados neste link .   Principalmente os intitulados "Cidadão Kane" e "Muito Além do Cidadão Kane". Além dos links para voce assistir a qualquer dos documentários descritos, ainda há um release dos mesmos.

ESCREVENDO UM DOCUMENTÁRIO

Ótimo artigo em pdf sobre como escrever um documentário.
Clique neste link para ver.

Radio Documentário sobre Fritz Plaumann

Excelente documentário feito para rádio. Vale à pena conferir e estudar.
Escute este Rádio Documentário clicando aqui.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Esquadrões de Honra - Latino-americanos na II Guerra Mundial

Durante a Segunda Guerra Mundial, pilotos de muitos países latino-americanos se ofereceram como voluntários. Entre eles, estavam os Aguilas Aztecas, do México, os Senta a Púa, do Brasil, e Firmes Volamos, da Argentina, três valentes esquadrões que participaram em batalhas no Atlântico Norte, nas Filipinas e no Norte da Itália, enfrentando os kamikazes, participando do Dia D e colaborando com a reconquista do Continente Europeu. Através de entrevistas com os protagonistas, com especialistas em aviação e historiadores, conheça as experiências dos pilotos latino-americanos nesta guerra e especialmente nas missões aéreas que realizaram.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

TRABALHO DE CÂMERA, CLOSE-UPs, etc.

Sequência de tomada e Closeup:


Closeups podem ser usados para a ação (inserções), reação ou cortes.

Tomadas tradicionais movem sequência de Tomada Longa (Long Shot) para Tomada Média (Medium Shot) para Closeup.

Uma cena pode retornar a uma larga tomada como reestabelecendo tomada. Uma cena pode também começar com um close-up para o impacto.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------

Trabalho de câmera

Quadro da composição

Framing Diretrizes

* Use a regra dos terços para localizar um ponto no quadro para o mais importante elemento visual.

* Criar drama visual entre os elementos no quadro a menos que você quer um estático, olhar simétrico.

* Antecipar o movimento do sujeito que vai mudar a composição.

* Mova a câmera e ajuste o zoom antes da câmara começa a rolar.

* Deixe a pessoa se movimentar dentro da tomada, a menos que tenha algum drama para entregar ao mover a câmera durante a tomada.

Frame da tomada do filme Raposa Cinzenta (The Gray Fox).

---------------------------------------------------------------------------------------

Composição Diretrizes Closeup:

* Não bloquear a câmera.

* Meter o nariz no meio do quadro.

* Foco sobre os olhos.

Frame da tomada do filme Jezebel.

----------------------------------------------------------------------------------------
Criando Profundidade na Tela

As linhas diagonais no quadro:

Dramático, em vez de simétrica, as relações na composição incentiva ou encoraja o olhar do observador para se movimentar ao redor da tela ou quadro.

Frame do filme Jezebel.

------------------------------------------------------------------------------------

A lente grande angular:

Não é benvinda para close-ups, mas a perspectiva exagerada cria profundidade. O movimento na terceira dimensão, direção ou para longe da câmera, é acentuado por uma lente mais ampla.

Frame do filme Quadrophenia.

--------------------------------------------------------------------------------
Ação em primeiro plano e fundo:

Movimento que atrai o olhar para diferentes distâncias da câmera e da utilização de iluminação de fundo ou piscinas de luz (luzes localizadas ao fundo - Backligtings), enfatizam a profundidade.

Frame do filme Tender Mercies.

--------------------------------------------------------------------------------.

Câmera Alta ou Baixa

Usando Tripé

Usando um tripé nem sempre ao nível médio do olho, encontre um ângulo de câmera que ajuda a acentuar o drama visualmente.



Frames dos filmes Stuntman e Drácula.

----------------------------------------------------------------------------

Handholding ou segurando na mão:

Uma câmera na mão permite que você encontre rapidamente o ângulo apropriado. Ele também permite a liberdade de circulação, se for necessário, incluindo o movimento vertical, que podem ter um impacto forte porque é menos comum e menos esperado.



Copyright © 1998 Derek Redmond, Queen's University Film Studies

Tradução e adaptação: JP.

CONTINUIDADE

CONTINUIDADE

Estabelecendo a continuidade enquanto estiver rodando o filme:


A continuidade convencional depende tanto da filmagem quanto da edição. Além de combinar a ação tomada à tomada, o diretor precisa considerar algumas "regras" de continuidade. Essas regras são feitas para serem quebradas quando você possa ser eficaz, mas quebrá-las acidentalmente levará a um caminho errado à continuidade trazendo problemas à frente..


 
Regra dos 30 graus:
 
 
 
 Ao invés de interpretar esta regra, literalmente, pense em uma mudança significativa no ângulo ou a distância para cada tomada. Isso nos mostra algo novo? Esta é a coisa mais importante que você pode fazer para criar uma cena que pode ser editado em continuidade.


Regra 180 Grau:


Escolha um eixo para trabalhar a cena e use-o para manter a orientação da tela para linha do olho (eyeline) e movimento. Evite cortar diretamente para o outro lado do eixo. Para mudar a direção da tela, tente uma tomada em movimento que cruza o eixo, ou o corte de um POV de um personagem do outro lado.

Na tomada de um personagem em movimento, uma tomada pela cabeça (Head-On) pode ser usado para mudar a direção de tela, mantendo a continuidade:

Tomada 1- Esquerda para direita na direção da tela.
Tomada 2 - Na cabeça (Head-On), depois à direita para a esquerda com o personagem saindo em frame. O eixo de mudanças dentro da tomada.
Tomada 3 - Direita à esquerda na direcção a tela.

Um Plano de cabeça
O mesmo princípio pode ser usado para permitir mudar a direção de tela quando o personagem vira uma esquina:

Ou, para manter a direção da tela constante em um canto, manter a câmera no mesmo lado do caminho do personagem em todos os tempos.


Copyright © Derek Redmond 1996, Estudos de Cinema da Universidade Queen's
Adaptaçãoe tradução:  JP

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Desenhando um Storyboard em uma página de Roteiro

Desenhando um Storyboard em uma página de Roteiro

Provavelmente esta é a melhor maneira para representar o seu roteiro com desenhos bem simples, a menos que você seja um artista talentoso. Lembre-se, seu script está lá para descrever a cena, os desenhos só precisam mostrar como cada cena é enquadrada.
Pela direita dos desenhos, no roteiro, voce vai descrevendo a cena, conforme o desenho, as falas dos atores, os efeitos sonoros que devem ser inseridos, a trilha musical e iluminação, entre outros.  Esta é a forma de voce fazer um roteiro geral onde tudo deve acontecer no filme.  Voce pode também fazer roteiros separados para cada tipo de produção descrita acima e entregá-las aos respectivos produtores, diretores e editores.

quarta-feira, 2 de março de 2011

PRODUÇÃO DE ÁUDIO EM JORNALISMO

Bem!!! O que seriam as dicas para uma boa produção sonora em jornalismo?

O grande problema que se enfrenta em algumas emissoras é a falta de produção. O que é isso?
Digamos o seguinte, depende do assunto a ser abordado ou do programa as ser produzido.

O que voce não pode deixar de fazer é um planejamento do que vai produzir, seja de uma simples matéria até um documentário, tanto para TV quanto para Rádio.

Muitos reporters ou jornalistas saem às ruas com uma pauta e sem um produtor ou uma produtora ao seu lado, questão de economia empresarial. Saem com a cara e a coragem para capturar o que precisam. Fazem o que chamamos de acúmulo de função e não conseguem fazer as coisas direito. Muitos até desconhecem a forma de se trabalhar e se acumulam com gasto de tempo desnecessário.

Vamos resumir. Voce sai para campo com um destino certo ou tem que andar procurando alguém para uma entrevista sobre um determinado assunto? A pauta já dá o seu destino. Voce sai para fazer uma matéria rápida de 1 minuto e meio mais ou menos?

Então porque voce fica entrevistando a pessoa e gravando durante uma hora inteira ou mais sendo que voce vai usar só 1 minuto da resposta do entrevistado? Seja objetivo. Quando for entrevistar alguém diga-lhe o tempo que voce vai usar e peça a pessoa para responder mais ou menos dentro do esperado. Resposta objetiva, eis a questão. Aí voce volta para a emissora e rapidamente edita a matéria. Isto vale tanto para rádio quanto para tv. Não perca seu tempo ouvindo histórias que não vão ajudar em nada.

Para o Jornalismo, o que urge, também é o tempo.

Se voce vai entrevistar alguém para uma matéria maior, um programa específico qualquer, se voce precisa de capturar muitas informações do entrevistado, seja objetivo também, não perca a linha do tempo. Não deixe o entrevistado se disperçar no assunto.

Quando voce tiver muito conteúdo gravado, sempre, sempre faça uma decupagem, veja o que te interessa, faça as marcações e anotações devidas com deixas de entrada e saídas, assim, quando chegar no estúdio para fazer a edição, não ficar perdido. Mantenha nas deixas sempre as 3 primeiras palavras e as 3 últimas.

Nas grandes emissoras, por onde já passei, os reporters ou jornalistas, geralmente fazem todo o roteiro, colocam as deixas e entregam aos editores que já sabem o que fazer para montar o produto que vai ao ar. Os jornalistas nem precisam acompanhar a edição pois, com tudo corretamente planejado, ele pode sair a campo com tranquilidade para trazer mais matérial para produzir.

Seu trabalho rende muito mais e não atrapalha inclusive os produtores de áudio ou sonoplastas e muito menos a voce mesmo.

Lembre-se que, muitas emissoras possuem horários dentro dos estúdios para a produção dos programas. Voce tem que ser produtivo. Decupagem se faz fora dos estudios com seus gravadores digitais, suas fitas de videos ou seu cartão digital.

Outra coisa importante, se voce não for usar um gravador, mas sim, um microfone, é a escolha dos mesmos.

Use sempre microfones direcionais, principalmente em externas, tanto para microfones normais quanto para microfones de lapelas ou até para Boons.

Se voce estiver numa externa, nunca grave com o microfone e principalmente com um gravador na direção de ruídos como, trânsito, festas e outras, procure colocar o microfone ou gravador na direção contrária ao barulho, assim não correrá o risco de prejudicar o áudio de sua entrevista. Se voce estiver gravando uma entrevista e precisar de uma imagem ao fundo que contenha os citados ruídos, então o microfone deve ser bem direcional mesmo, porque voce precisa pegar a imagem ou a cena do que está acontecendo no fundo da entrevista.

Veja bem, isto não é uma aula de jornalismo, mas sim, dicas de comportamento com áudio e produção para que a qualidade não seja comprometida.

E...pelo amor de Deus!!! Mantenham distância de pelo menos um palmo do microfone para que o mesmo possa captar corretamente o som. Todo microfone tem uma característica de captura por uma certa distância técnica e as pessoas tem a mania de grudar a boca no coitado. Cospem na cápsula, etc.,,,aaaahh que nojo!!! kkkkk.